Caso Donizete: telefonemas aumentam mistério em sumiço de homem de 58 anos

Logo que desapareceu, em Salto, no interior paulista, Donizete ligou para a família de um telefone público dizendo que havia sido roubado. Depois disso, não houve qualquer outro contato ou vestígio de seu paradeiro. O caso se tornou ainda mais intrigante porque o telefone da casa do homem passou a tocar insistentemente. Do outro lado da linha, porém, ninguém fala nada. Dona Josina, de 82 anos, está desesperada e faz um apelo para que a ajudem a encontrar o filho. Para assistir ao conteúdo na íntegra, acesse PlayPlus.com