Cidade Alerta Caso Edileuza: Eduardo é preso e admite ter enviado presente-bomba para a casa da ex

Caso Edileuza: Eduardo é preso e admite ter enviado presente-bomba para a casa da ex

A vítima vinha trocando mensagens com Eduardo nos últimos dias, seguindo uma estratégia da polícia para realizar a prisão

Eduardo Larazin, homem que enviou para a ex um buquê de flores e uma bomba disfarçada de presente, foi detido. Edileuza Ramalho, a vítima, estava na delegacia quando ele foi preso. A operadora de telemarketing vinha trocando mensagens com Eduardo nos últimos dias, seguindo uma estratégia da polícia. Os investigadores descobriram que ele estava numa casa na Zona Norte de São Paulo e fizeram campana por vários dias. Os agentes se disfarçaram de garis para realizar a prisão. Eduardo admitiu o crime, mas preferiu dar detalhes apenas na presença do advogado.

Últimas