Cidade Alerta Caso João Alberto: manifestantes cercam mercado onde homem negro foi morto por seguranças

Caso João Alberto: manifestantes cercam mercado onde homem negro foi morto por seguranças

A morte de João Alberto Freitas, de 40 anos, durante uma abordagem violenta de dois seguranças em um hipermercado de Porto Alegre (RS), provocou ao menos duas grandes manifestações na tarde desta sexta-feira (20). Uma na avenida paulista, em São Paulo, e outra no local onde João Alberto sofreu as agressões. Magno Braz Borges e Giovane Gaspar, os seguranças agressores, foram presos em flagrante por homicídio qualificado.

Últimas