Caso Layane: testemunha diz que rapaz mentiu ao confessar assassinato

O caso do assassinato da estudante Layane Aparecida da Silva, de 19 anos, no Paraná, pode ter uma reviravolta. Após ter acesso a mensagens trocadas pela vítima, a polícia chegou até Miguel Angelo Duarte, que confessou o crime. Porém, dias depois, uma nova testemunha apareceu e contou à polícia ter presenciado o crime. Segundo essa testemunha, o assassino é outro, e Miguel confessou apenas para acobertá-lo. A polícia investiga a nova informação. Para assistir ao Cidade Alerta na íntegra, acesse PlayPlus.com