Caso Lucilene: sangue encontrado em hotel não é dela

Um dos laudos da perícia concluiu que o material genético encontrado nos fundos do hotel em Porto Ferreira (SP) não é de Lucilene, desaparecida desde o último dia 24 de dezembro. O sangue é de origem animal, como Vanderlei sempre afirmou com convicção, o que faz a família de Lucilene questionar agora se ele teria conhecimento de algum sacrifício de animais realizado no hotel. E veja também: reportagem do Cidade Alerta recebe o possível endereço da vidente em Limeira, interior de São Paulo. Acompanhe na reportagem. Para assistir ao Cidade Alerta na íntegra, acesse PlayPlus.com