Cidade Alerta Caso Marilda: mãe diz que a filha não seria capaz de cometer suicídio

Caso Marilda: mãe diz que a filha não seria capaz de cometer suicídio

Idosa quebrou o silêncio e cobrou polícia pela investigação dos fatos

A mãe da psicóloga encontrada morta dentro do porta-malas do próprio carro decidiu quebrar o silêncio: dona Luzia garante que a filha não seria capaz de tirar a própria vida e cobra uma resposta da polícia. Marilda tinha 37 anos e, segundo testemunhos, estava em processo de separação. No celular dela, que ainda será periciado, pode estar a resposta para essa morte tão misteriosa. 

Últimas