Cidade Alerta Caso Marina: assassino de universitária é condenado a 40 anos de prisão

Caso Marina: assassino de universitária é condenado a 40 anos de prisão

Rodrigo Pereira Alves, de 37 anos, foi condenado a 40 anos, 10 meses e 18 dias de prisão pelo assassinato da universitária Mariana Forti Bazza em Bariri, no interior de São Paulo, em setembro do ano passado. O criminoso, que já havia cumprido pena por violência sexual, roubo, sequestro, extorsão e tentativa de latrocínio, tinha saído da cadeia 30 dias antes de matar a jovem. No dia do crime, Marina estava saindo da academia quando foi abordada por Rodrigo, que esvaziou um dos pneus do carro da vítima para colocar o plano em ação. O criminoso fingiu que poderia ajudá-la e levou a jovem para uma chácara, onde a estuprou e matou. O corpo da moça foi encontrado em um canavial.

Últimas