Cidade Alerta Caso Milena: laudo do IML comprova que jovem foi dopada antes de morrer

Caso Milena: laudo do IML comprova que jovem foi dopada antes de morrer

A adolescente de 15 anos morreu durante um churrasco entre amigos em uma fazenda, no interior do Rio Grande do Sul

A perícia do Instituto Médico Legal (IML) comprovou que a jovem Milena Eduarda Schreiber, de 15 anos, foi dopada pelo adolescente de 17 anos antes de ser estuprada e morrer. A vítima teve hemorragia e sangrou até a morte durante um churrasco entre amigos numa fazenda, em Ijuí, no interior do Rio Grande do Sul. A polícia agora vai pedir a internação imediata do adolescente envolvido no crime brutal.

Últimas