Cidade Alerta Caso Miryam: vítima pode ter testemunhado crime em baile funk antes de ser executada

Caso Miryam: vítima pode ter testemunhado crime em baile funk antes de ser executada

Uma amiga da jovem morta na Cidade Tiradentes é aguardada pelos investigadores e deve revelar detalhes da noite do crime

A execução da jovem Miryam Fagundes, de 19 anos, em pleno baile funk na zona leste de São Paulo pode ter sido encomendada por uma facção criminosa. Essa é uma das principais linhas de investigação da polícia. O resultado da perícia no celular da garota de 19 anos deve sair nas próximas horas e revelar se ela estava ou não envolvida com pessoas perigosas. Uma testemunha, amiga da vítima, é esperada para prestar depoimento nesta quinta-feira (4).

Últimas