Cidade Alerta Caso Murilo: ex-mulher e ex-sogras são presar por ligação com o Tribunal do Crime

Caso Murilo: ex-mulher e ex-sogras são presar por ligação com o Tribunal do Crime

Depois sete meses de investigação, a polícia conseguiu elucidar a morte de Murilo Aparecido Belo, vítima de um tribunal do crime após ser acusado de estuprar o próprio filho de apenas quatro anos. Como a família da vítima já suspeitava, Ísis da Silva Marques, de 21 anos, ex-companheira de Murilo, e Conceição da Silva, de 63, mãe da jovem, estão entre os cinco presos. Os investigadores conseguiram elucidar o caro através de conversas de WhatsApp entre os envolvidos na trama. O laudo da perícia feita no filho do casal aponta que a criança não sofreu abusos.

Últimas