Cidade Alerta Cientista russo que trabalhava em vacina contra o coronavírus morre ao cair de prédio

Cientista russo que trabalhava em vacina contra o coronavírus morre ao cair de prédio

O cientista Alexander Kagansky, de 45 anos, morreu após cair do 14º andar do prédio de um amigo, na Rússia. Perto de descobrir uma nova vacina contra o coronavírus, Alexander teria agarrado uma faca e se ferido antes de supostamente se jogar pela janela, como afirma o dono do apartamento. O cientista não é a primeira pessoa ligada a pesquisas de tratamentos para o coronavírus a cair de um prédio. Ao todo, sete casos similares estão sendo investigados no país.

Últimas