Cidade Alerta Cozinheira é encontrada morta com sinais de asfixia em hotel no interior paulista

Cozinheira é encontrada morta com sinais de asfixia em hotel no interior paulista

O suspeito do crime já tinha matado outra mulher em 2018 e estava de saidinha

A polícia procura por Leandro, principal suspeito de ter matado Renata, de 43 anos, asfixiada com um travesseiro em Campinas, no interior de São Paulo. O criminoso estava de "saidinha" de Natal e já cumpre pena por ter matado uma outra mulher no dia 24 de dezembro de 2018. Imagens de câmeras de segurança mostram Renata e Leandro chegando em um hotel de mãos dadas, os dois subiram para o quarto e horas depois, o criminoso disse para uma funcionária que iria até a farmácia, mas não voltou mais. Quando os funcionários entraram no local, encontraram a mulher morta.

Últimas