Cidade Alerta Empresário é morto dentro do próprio comércio

Empresário é morto dentro do próprio comércio

O homem teve o passado de crimes revelado após ser executado

O empresário Luciano Batista de Barros, 46 anos, teve o passado de crimes revelado após ser executado dentro do próprio comércio. O homem foi acusado de estelionato, associação criminosa por uso de documentos falsos e furto qualificado. Atualmente, o empresário levava uma vida tranquila, estava à frente de uma distribuidora de bebidas, e foi lá que ele foi surpreendido por dois homens armados. Os criminosos ordenaram que todos os clientes se deitassem no chão e que apenas Luciano permanecesse em pé, e logo em seguida atiraram.

Últimas