Cidade Alerta Estudante morre após ser agredido por pescadores irritados com acampamento de jovens

Estudante morre após ser agredido por pescadores irritados com acampamento de jovens

Um jovem casal e uma amiga escolheram um local no Guarujá, no litoral paulista, para armar a barraca, mas isso irritou um morador que mandou os jovens saírem do local. Como não tinham para onde ir, Kauan da Silva Soares, de 17 anos, pediu um tempo para planejar. Irritado, o suspeito voltou com outros cinco homens e espancou Kauan. A esposa do estudante, Larissa, de 16 anos, tentou ajudar e chegou a ferir um dos homens com um canivete, usado na montagem do acampamento. Os agressores destruíram a barraca e foram embora. Pouco tempo depois, Kauan reclamou que estava se sentindo mal, desmaiou e morreu no local.

Últimas