Ex-marido forja assalto, atira em mulher e ainda visita vítima no hospital

Renata Ranielly, de 23 anos, morreu depois de seis dias de internação em Natal (RN). A princípio, parecia mais uma vítima de latrocínio, mas a polícia analisou imagens e identificou o principal suspeito do crime. Trata-se de Paulo Roberto da Silva, conhecido como Léo, que foi casado e é pai da filha de Renata. O criminoso, que chegou a visitar a ex-mulher no hospital, está foragido. Para assistir ao conteúdo na íntegra, acesse PlayPlus.com