Cidade Alerta Exclusivo: 'psicóloga da facção' decidia punição dos acusados por crimes sexuais

Exclusivo: 'psicóloga da facção' decidia punição dos acusados por crimes sexuais

A mulher é investigada por envolvimento no tribunal do crime 

Uma mulher conhecida por ser uma espécie de psicóloga da maior facção criminosa do país foi condenada a 77 anos de prisão. Sandra, de 47 anos, ficou conhecida como "irmã corintiana", e teria participação em quatro mortes relacionadas ao chamado "tribunal do crime". A investigação aponta que ela ajudava os integrantes da facção criminosa a decidir a punição para acusados de crimes sexuais.

Últimas