Cidade Alerta Falso líder religioso preso por abuso de pacientes é acusado de estelionato

Falso líder religioso preso por abuso de pacientes é acusado de estelionato

Um falso líder religioso que está preso por abuso é acusado agora de estelionato. O homem de 53 anos, conhecido como "Guerreiro Bento", oferecia uma cura espiritual para pessoas que buscavam tratamento. Segundo depoimento de vítimas, no momento em que ficavam sozinhas com ele, os abusos aconteciam. Agora, outras vítimas alegam que foram enganadas, efetuando pagamentos em troca de tratamento.

Últimas