Cidade Alerta Filha presencia estupro, denuncia abusos e é assassinada pelo próprio pai

Filha presencia estupro, denuncia abusos e é assassinada pelo próprio pai

Aos quatro anos, Letícia presenciou o próprio pai estuprar a tia com necessidades especiais. Oito anos depois, Horácio foi preso pelo abuso e a garota, então com 12 anos, tomou coragem e contou para a mãe que também era vítima de abusos do pai há cerca de um ano. Na cadeia, Horário descobriu a denúncia da filha e ficou furioso. Condenado a oito anos por abusar da cunhada, o homem ficou na cadeia por apenas quatro meses e logo ganhou o direito de responder em liberdade. Logo no primeiro dia fora da prisão, Horácio invadiu a casa da ex e implorou para a filha retirar a denúncia, o que ela prontamente negou. O homem então matou a própria filha e fugiu. Os crimes ocorreram em São Roque, no interior de São Paulo.

Últimas