Cidade Alerta Homem defende namorada de assédio e é morto por ex-policial

Homem defende namorada de assédio e é morto por ex-policial

Juan, de 25 anos, se envolveu em uma confusão em um posto de combustível em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, após defender a namorada, Luana, do assédio do ex-policial Wellington. O rapaz foi tirar satisfação com o assediador e os dois começaram a discutir. Wellington, que estava armado, disparou contra o casal e saiu tranquilamente do posto. Juan não sobreviveu aos ferimentos e morreu antes de chegar ao hospital. Luana levou três tiros e está internada.

Últimas