Cidade Alerta Homem é acusado de raptar o filho e usá-lo para ganhar dinheiro

Homem é acusado de raptar o filho e usá-lo para ganhar dinheiro

Ele apelidou o filho, de apenas 2 anos, de "menino de ouro" porque usa a criança como "fonte de renda"

William é acusado de vários crimes, entre eles o rapto do próprio filho, o pequeno Miguel de apenas 2 anos. Ele apresenta a criança como seu "menino de ouro" e não faz questão de esconder que a criança é o "ganha pão dele". William ainda vai mais longe ao admitir que usa o filho como moeda de troca para ganhar dinheiro, propondo inclusive um pagamento de resgate para devolver o pequeno Miguel. Foi com menino que William conseguiu se aproximar da atual companheira e roubar o carro dela. Depois do episódio, a mulher resolveu procurar Ingrid e relatar que além de explorar o filho, o homem agride a criança quando está fora de controle. O drama de Ingrid começou no Natal de 2020 quando ele se reaproximou da família com a promessa de mudança. Dias depois ele deixou a casa onde Ingrid mora em Praia Grande, no litoral paulista levando o garoto.

Últimas