Cidade Alerta José confessa morte da ex-mulher, mas é beneficiado pela lei eleitoral e segue em liberdade

José confessa morte da ex-mulher, mas é beneficiado pela lei eleitoral e segue em liberdade

José Carlos, de 48 anos, era apontado como principal suspeito da morte da esposa, em Santo André (SP). O homem se dirigiu à delegacia e, segundo informações da polícia, José admitiu ter matado Aline, de 42 anos. Mesmo assim, o assassino confesso não pôde ficar preso por causa da lei eleitoral. Como o crime foi cometido há uma semana, José também não poderia ser preso em flagrante.

Últimas