Cidade Alerta Lutador de judô é suspeito de encomendar a morte da ex-mulher

Lutador de judô é suspeito de encomendar a morte da ex-mulher

Tatiana Lorenzetti, de 40 anos, foi surpreendida por um bandido ao sair do trabalho para almoçar. Mesmo sem reagir ao que parecia ser uma tentativa de assalto, a gerente de agência bancária foi atingida na cabeça por um disparo do criminoso, que tentou fugir, mas logo entrou em conflito com a polícia e foi baleado. A polícia suspeita da participação do ex-marido de Tatiana no crime, já que o homem chegou a ser flagrado tentando contratar um matador de aluguel em novembro. Acompanhe a reportagem!

Últimas