Cidade Alerta Mãe que tentava encontrar assassino do filho ajuda a polícia a prender criminoso 

Mãe que tentava encontrar assassino do filho ajuda a polícia a prender criminoso 

Jovem estava na casa da namorada quando foi morto

Dona Fátima prometeu não descansar enquanto não visse o assassino do filho preso. Daniel Zanon tinha 30 anos quando foi morto. Ele estava na casa da namorada quando assaltantes fizeram a família refém e Daniel teria reagido e foi baleado. O assassino foi identificado, mas conseguiu fugir e desde 2009 dona Fátima trabalha como uma espécie de detetive para tentar encontrar o criminoso e depois de 12 anos ela viu o assassino do filho preso.

Últimas