Cidade Alerta Médica condenada por homicídio faz nova vítima após procedimento de lipoescultura

Médica condenada por homicídio faz nova vítima após procedimento de lipoescultura

Ela já respondeu por outras duas mortes nos últimos anos

Uma médica realiza procedimento cirúrgico estético em clínica e paciente morre no Rio de Janeiro. Aline, de 38 anos, é apenas mais uma das vítimas da doutora Geisa Corrêa. Após uma lipoescultura, ela teve uma perfuração no intestino e não resistiu. Segundo a família, a médica até chegou a acompanhar o quadro, mas quando Aline piorou, Geisa sumiu. Ela já respondeu por outras duas mortes nos últimos anos. Em um dos casos, chegou a ser condenada por homicídio doloso, sem intenção de matar. Ela cumpriu pena alternativa de prestação de serviços e voltou a atuar na clínica.

Últimas