Cidade Alerta Mesmo após ter quitado dívida com supermercado, consumidora permaneceu com "nome sujo"

Mesmo após ter quitado dívida com supermercado, consumidora permaneceu com "nome sujo"

A lei determina que o nome seja retirado do serviço de proteção ao crédito em até 5 dias depois da quitação

Kelly estava grávida e precisava comprar o enxoval do seu bebê, porém, o nome dela constava no cadastro de maus pagadores e, por isso, ela foi constrangida ao não conseguir comprar os itens para seu filho. Entretanto, a dívida que ela tinha com um supermercado já estava quitada e, portanto, ela não poderia ter seu nome no banco de dados do cadastro de proteção ao crédito. A Patrulha do Consumidor foi chamada para resolver o caso. Acompanhe.

Últimas