Cidade Alerta Mulher diz ser portadora de HIV para escapar de estupro 

Mulher diz ser portadora de HIV para escapar de estupro 

Criminosos planejaram ataque durante um baile funk e encontraram a vítima por meio de aplicativo de transporte

A motorista de aplicativo, Andreia Souza Mendes, de 32 anos, disse ser portadora de HIV para escapar de uma tentativa de estupro coletivo em São Paulo. A vítima foi solicitada por meio de um pedido no aplicativo e feita refém por 5 criminosos. Assustada, a mulher disse ser portadora de AIDS para evitar a tentativa de violência sexual. Ao ouvirem a vítima, os criminosos pegaram alguns pertences da moça e fugiram. A polícia prendeu o grupo, que assumiu planejar o crime durante um baile funk.

Últimas