Mulher é assassinada por assediador; criminoso morre após linchamento

Em Jundiaí (SP), Adriana Aparecida da Silva, de 42 anos, foi morta a facadas por Clayton Ribeiro, também de 42. Clayton a assediava constantemente e, irritado com a rejeição, cometeu um crime brutal. Depois do feminicídio, populares imobilizaram e agrediram o criminoso. Ele chegou a ser levado pela guarda municipal, mas não resistiu. Para assistir ao Cidade Alerta na íntegra, acesse PlayPlus.com