Cidade Alerta Mulher é presa suspeita de planejar o assassinato de servidor público

Mulher é presa suspeita de planejar o assassinato de servidor público

Flávio Augusto Vicentini, de 44 anos, foi morto a golpes de faca dentro da própria casa em Itatiba, interior de São Paulo. Cristiane, esposa do servidor público, estava em casa no momento, mas disse que não ouviu nenhum barulho do ataque porque havia tomado remédio para dormir e estava em outro cômodo. Porém a polícia encontrou contradições nas informações da mulher, que foi presa preventivamente suspeita de planejar o assassinato do marido. O servente de pedreiro Wellington também foi preso e a polícia ainda quer descobrir se a dupla teria um relacionamento amoroso.

Últimas