Cidade Alerta Pedreiro esfaqueia colega após briga por motivo banal

Pedreiro esfaqueia colega após briga por motivo banal

Cícero fugiu do local, mas mandou um áudio dizendo que matou Lucimário em legítima defesa

Uma briga por um motivo banal terminou com Lucimário sendo assassinado por um colega de trabalho. Cícero, considerado foragido da Justiça, mandou um áudio confessando que matou o colega; mas disse que foi em legítima defesa. Os dois pedreiros dividiam o quarto num alojamento da obra em que trabalhavam, em Indaiatuba, interior de São Paulo. Cícero teria se irritado após escorregar numa lata de cerveja; em seguida, ele e Lucimário começaram a discutir. No meio da briga, Cícero deu uma facada no colega.

Últimas