Cidade Alerta Polícia encontra cativeiro do "Tribunal do Crime" e liberta três reféns

Polícia encontra cativeiro do "Tribunal do Crime" e liberta três reféns

A polícia libertou três pessoas poucas horas antes de serem executadas por um tribunal do crime, na zona leste de São Paulo. Um casal e um amigo, mantidos reféns em um cativeiro dentro de uma comunidade, seriam mortos por vingança. Eles teriam se envolvido em uma briga de bar, quando a mulher empurrou e acabou matando um integrante de uma facção criminosa. O homem que vigiava o cativeiro foi preso. A polícia não descarta a participação de Íslan Ramos Ferreira, o "Jagunço", um dos chefes da maior facção criminosa do país, preso há dois meses.

Últimas