Cidade Alerta Policial recusa suborno de detentos e é morto ao final do expediente

Policial recusa suborno de detentos e é morto ao final do expediente

Os criminosos também mataram a esposa do policial quando ela o buscava ao final do dia de trabalho

O policial, Elias, de 38 anos, recusou duas ofertas de suborno dos bandidos e foi executado junto com a mulher quando ela foi busca-lo no final do expediente. Os criminosos fizeram duas ofertas, uma de R$ 5 mil, e outra de R$ 7 mil reais para que ele devolvesse três celulares apreendidos, mas ele não aceitou e foi morto.

Últimas