Servidor público é assassinado dentro de casa enquanto esposa dormia

Flávio Augusto Vicentini, de 44 anos, estava na sala de sua casa, deitado no sofá, quando foi atacado com golpes de faca. A polícia ainda não sabe quantas pessoas participaram do crime brutal contra o servidor público da prefeitura de Itatiba, no interior de São Paulo. A esposa de Flávio estava no imóvel no momento do ataque, mas a mulher afirma que havia tomado remédio para dormir e não ouviu nenhum barulho. De acordo com as investigações, apenas o celular de Flávio foi levado e há indícios de que a vítima entrou em luta corporal com algum dos bandidos. Vestígios de sangue encontrados na calçada em frente à casa de Flávio foram recolhidos. A perícia pretende chegar aos culpados desse latrocínio.