Tenente da polícia é preso acusado de contratar pistoleiros para matar a esposa

Um tenente da reserva da polícia do Ceará foi preso enquanto acompanhava a esposa baleada no hospital. O homem é acusado de contratar dois pistoleiros para matar a mulher. O tenente teria oferecido R$ 4 mil para os homens e chegou a pagar uma parte do valor na manhã do crime, mas o restante só seria depositado depois da morte. A vítima sobreviveu aos tiros e um dos pistoleiros foi preso em flagrante. O atirador delatou todo o esquema à polícia.