Vítimas acusam líder espiritual de extorsão e abusos sexuais

Um comerciante e sua família acusam um líder espiritual de Mairiporã, no interior de São Paulo, de extorquir cerca de R$ 300 mil e de violar sexualmente a namorada do homem que não quer ser identificado. Os abusos teriam acontecido na frente dele, que teria procurado ajuda espiritual porque estava passando por problemas pessoais. Identificado como Donizete, o líder espiritual teria exigido R$ 48 mil no começo, mas o valor triplicou com o passar dos anos. Acompanhe o caso!