Domingo Espetacular Domingo Espetacular entrevista detetive contratado por Elize Matsunaga para investigar o marido antes do crime

Domingo Espetacular entrevista detetive contratado por Elize Matsunaga para investigar o marido antes do crime

Programa deste domingo (5) também destaca as polêmicas envolvendo o cantor Gusttavo Lima. É a partir das 19h45, na Record TV

Elize Matsunaga, condenada pela morte do marido, Marcos, deixou a prisão nesta semana

Elize Matsunaga, condenada pela morte do marido, Marcos, deixou a prisão nesta semana

Divulgação Record TV

O Domingo Espetacular deste fim de semana (5) traz, com exclusividade, uma entrevista com o detetive contratado por Elize Matsunaga para seguir o marido, Marcos, e provar que ele tinha uma amante. Na última segunda-feira (30), a mulher deixou a Penitenciária Feminina de Tremembé (SP) após dez anos presa, graças a uma decisão judicial que lhe concedeu liberdade condicional.

O profissional, que não terá a identidade revelada, fala da importância que as imagens, gravadas no período em que seguiu o empresário, tiveram na investigação policial que levou à condenação de Elize pelo assassinato do marido. “Até então, a polícia não sabia do dos passos dele. Não sabia que ele tinha amante, não sabia nada”.

O detetive revela detalhes do período em que trabalhou para ela, como a urgência de Elize em reaver as fitas após cometer o crime. “Eu vi que ela estava muito apressada, muito tensa, e que queria as imagens muito rápido, tanto que ela foi ao escritório sem avisar”, conta ele.

O programa também destaca as polêmicas envolvendo o cantor Gusttavo Lima nesta semana. Shows pagos com dinheiro público sem licitação, cachês cancelados, ex-motorista que o acusa de falta de pagamento de direitos trabalhistas. O Domingo Espetacular conversa com especialistas sobre as investigações do Ministério Público que miram a cobrança de valores milionários por shows em pequenas cidades. A atração discute como essas questões podem afetar a carreira do artista.

A atração ainda entrevista um ídolo da música dos anos 70, Odair José, cantor com 52 anos de carreira e 37 álbuns lançados. O artista fala dos preconceitos que sofreu da elite e como não soube lidar bem com a fortuna que ganhou:  “Às vezes, me cobro porque eu não fui um bom administrador”. E lembra um episódio marcante, ocorrido em 1973, que ilustra como era desprezado por parte do público e da crítica.

Convidado por Caetano Veloso para se apresentar, foi atacado pelo público. “Quando o Caetano me chamou no palco, foi uma vaia estrondosa. Eu fiz muito sucesso na época, mas o povo não aceitou o Caetano me chamando ali pra cantar”.

E mais: o ator Marcos Oliveira, famoso por interpretar o personagem Beiçola, pediu ajuda nesta semana para seu tratamento de saúde. Ele recebeu a equipe do programa e contou do suporte que tem recebido de famosos e anônimos, além de dar detalhes da rotina de cuidados: “Quarenta comprimidos por dia”.

Apresentado por Carolina Ferraz e Eduardo Ribeiro, o Domingo Espetacular vai ao ar neste fim de semana (5), às 19h45.

Últimas