Domingo Espetacular Imagens inéditas mostram cães sendo retirados de instituto em São Roque

Imagens inéditas mostram cães sendo retirados de instituto em São Roque

Local foi invadido por ativistas, que afirmam que animais sofriam maus-tratos

Imagens inéditas mostram cães sendo retirados de instituto em São Roque

Apesar de afirmarem que não pretendiam invadir o Instituto Royal — clínica que usava cães para testes farmacêuticos e cosméticos —, os ativistas que participaram da retirada de 178 cachorros da raça beagle, em São Roque, na última quinta-feira (17), dizem não ter medo de serem responsabilizados pelo furto. Imagens inéditas mostram a invasão e da remoção dos animais.

Uma das cenas mais impressionantes foi a de um cachorro congelado em nitrogênio e embalado em um saco plástico. Em um armário, foram achados dentes.

Mesmo com a chegada da polícia, aparentemente, todos os cães foram levados pelos ativistas. Um grupo pegou 13 beagles e levou para uma clínica veterinária em outra cidade. Eles têm um comportamento diferente, de submissão, segundo quem participou da ação.

O Instituto Royal é considerado o mais importante do País em pesquisas com animais. A empresa é credenciada pelo governo federal e já recebeu mais de R$ 5 milhões do Ministério da Ciência e Tecnologia. O Ministério Público já investigou por duas vezes, mas nenhuma irregularidade foi encontrada.

A Polícia Civil instaurou inquérito para investigar o furto dos cães e também as denúncias de maus-tratos. Dois deles foram achados na cidade, no sábado (19).