Morte de Paulo Henrique Amorim
Domingo Espetacular No Domingo Espetacular, Wesley Safadão conta que cantou para plateias quase vazias

No Domingo Espetacular, Wesley Safadão conta que cantou para plateias quase vazias

“A única pessoa que eu enxergava era minha mãe lá embaixo, chorando”

No Domingo Espetacular, Wesley Safadão conta que cantou para plateias quase vazias

Wesley Safadão sonhava em ser jogador de futebol

Wesley Safadão sonhava em ser jogador de futebol

Caio Duran / Divulgação

No Domingo Espetacular desta semana (22), uma entrevista exclusiva com o novo fenômeno do forró, Wesley Safadão.

Ele, que começou fazendo sucesso principalmente no Nordeste, já é um fenômeno nacional e vê a fama e o cachê aumentar rapidamente. Hoje, ele  já comprou uma Ferrari, um avião e chega a faturar R$ 600 mil num único show. Muito mais do que recebia no começo da carreira, quando fazia apresentações para plateias quase vazias. Uma dessas ocasiões ficou gravada na memória do cantor: “Não tinha ninguém. Tinha 30 pessoas... A única pessoa que eu enxergava era minha mãe lá embaixo, chorando”.

O cantor ainda fala de um antigo sonho: “Eu queria ser jogador de futebol. Aí comecei a cantar por acaso. E as coisas foram acontecendo, de uma forma que só Deus sabe”.

A revista eletrônica da Record destaca a emocionante história da dupla sertaneja Luciano e Marluce. Ela precisa de um transplante e o irmão quer ser o doador. Será que vai dar certo?

O programa também mostra as belas paisagens do norte da Argentina, numa viagem espetacular. Os repórteres da atração revelam as montanhas coloridas e percorrem um deserto diferente, onde em vez de areia só existe sal.

O Domingo Espetacular, apresentado por Paulo Henrique Amorim, Janine Borba e Thalita Oliveira, vai ao ar dia 23 de agosto, às 19h30.