Domingo Espetacular Pais de MC Kevin falam ao Domingo Espetacular sobre a morte do filho

Pais de MC Kevin falam ao Domingo Espetacular sobre a morte do filho

“Não tem briga por herança, não tem briga com a mulher dele”, afirma a mãe do cantor, Valkíria Nascimento, em entrevista que será exibida neste fim de semana (30)

“Não tem briga por herança, não tem briga com a mulher dele”, afirma Valkíria Nascimento

“Não tem briga por herança, não tem briga com a mulher dele”, afirma Valkíria Nascimento

Reprodução/Record TV

Neste fim de semana (30), o Domingo Espetacular exibe uma entrevista com os pais de MC Kevin, que falam sobre os sonhos e conquistas do filho e explicam como será a distribuição dos bens do cantor.

O programa também conversa com Carmelo Maia, herdeiro de Tim Maia, que fala sobre um álbum inédito do artista que ele encontrou inesperadamente e que acaba de ser lançado no mercado com o título “Yo Te Amo”. O disco, gravado há cerca de 50 anos, tem canções interpretadas em espanhol e traz versões de canções famosas, como “Azul da Cor do Mar” e “Primavera”.

MC Kevin tinha apenas 23 anos, mas fez sucesso rapidamente e deixou uma herança que pode valer milhões de reais. Ele estava construindo uma mansão e tinha na garagem carros de luxo. Com sua morte, surgiram especulações sobre quem, além da filha de cinco anos, ficaria com os bens, já que a viúva, Deolane Bezerra, não era oficialmente casada com ele. Nas redes sociais, muitos comentaram se os pais, Valkíria Nascimento e Agnaldo Bueno, teriam direito a este patrimônio. O Domingo Espetacular falou com ambos sobre estes questionamentos.

“Não tem briga por herança, não tem briga com a mulher dele. Eu amo a mulher dele, a namorada dele, eu amo”, afirma Valkíria. “Tudo o que o Kevin tem de herança são as obras dele e tudo o que é do Kevin é da filha dele, né?”, conclui ela.  A mãe do cantor ainda lembra que o filho parecia pressentir que teria uma vida curta. Segundo ela, Kevin sempre dizia: “Eu sou uma estrela cadente mãe, eu vou viver pouco tempo”.

O pai comenta o que teria motivado a morte do artista: “O pessoal tudo falou que ele se matou por causa da droga. Acredito eu também, desse pulo dele, salto dele da sacada lá, foi da alucinação por causa da droga sintética". Sobre a herança, ele é direto e diz não esperar por isso. “Eu não sou aproveitador, não estou aproveitando do luto do meu filho”, afirma.

E na entrevista de Carmelo Maia, ele mostra ao Domingo Espetacular as fitas encontradas e conta como foi a descoberta: “Estou lá digitalizando em estúdio, eis que, de repente, escuto uma voz, falei: ‘Engraçado. Volta aí que eu quero escutar’. E quando eu percebi, era em outro idioma, mas só com a voz da década de 70”.

Carmelo comenta o motivo que levou o artista a não lançar essas músicas na época. “Alguém falou para ele: ‘Olha, Tim Maia, isso não é comercial’. Ele não lidava com frustração. Então, provavelmente, deixou lá guardado e não quis mais saber daquilo”, diz.

O filho do artista brinca que o baú de Tim Maia é sem fundo e fala que o conteúdo que encontrou é grandioso. "Eu não achei um ourinho, eu achei uma pedra enorme, bruta", revela.

O herdeiro ainda guarda outros objetos que pertenceram ao pai, como as camisas usadas nos shows e as marmitas que ele entregava quando jovem.

O programa traz também outros destaques: uma reportagem mostra policiais antidrogas dos Estados Unidos em ação no Brasil. Disfarçados, eles compraram um medicamento desviado de hospitais, um anestésico mais potente que a morfina, que causa enorme dependência e já matou até artistas famosos.

A equipe da revista eletrônica flagra o trabalho infantil no meio da floresta. Ali, crianças garimpeiras que pegam pesado para ajudar no sustento da família.

O Domingo Espetacular vai ao ar às 19h45, na Record TV, com apresentação de Carolina Ferraz e Eduardo Ribeiro. Não perca!

Últimas