Domingo Espetacular Ação de poderosos da Romênia no Brasil envolve morte misteriosa e entra na mira do MPF

Ação de poderosos da Romênia no Brasil envolve morte misteriosa e entra na mira do MPF

A praia de Cumbuco, a 50 km de Fortaleza, no Ceará, tornou-se reduto de alguns dos homens mais ricos e poderosos da Romênia, país do leste europeu. Um desses homens era o milionário Costel Comana, que construiu um verdadeiro império graças, em boa parte, às relações perniciosas que construiu com políticos de seu país. Costel morreu quando viajava do Brasil à Costa Rica, dentro do banheiro do avião, num suposto suicídio dos mais inusitados: ele teria se enforcado com os cordões de um par de tênis. A polícia da Costa Rica investigou o caso e concluiu por suicídio, mas ainda há perguntas sem respostas, especialmente envolvendo Felícia, a namorada do empresário. A polícia brasileira não tem jurisdição para investigar a morte de Costel Comana, mas o reduto romeno em Cumbuco já entrou na mira do Ministério Público Federal. Os investigados, porém, não são apenas os romenos. O segundo personagem dessa história é um empresário brasileiro que construiu relações bem próximas com o grupo de Cumbuco. O nome dele é Cauby Júnior. Veja mais detalhes na reportagem exclusiva!