Domingo Espetacular Após um ano, morte de uma médica de 37 anos segue cheia de mistério

Após um ano, morte de uma médica de 37 anos segue cheia de mistério

A polícia ainda não concluiu o inquérito, mas a família acredita que a mulher tenha sido vítima de um feminicídio

A morte de uma médica completa um ano neste domingo (10), e segue cercada de mistério. Sabrina Nominato tinha 37 anos e a morte chegou a ser tratada como suicídio, mas a família não acredita que a médica tenha tirado a própria vida, e sim que ela pode ter sido vítima de feminicídio. As dúvidas persistem e a polícia não concluiu o inquérito até agora.

Últimas