Domingo Espetacular Chefe da maior milícia do RJ é morto em operação da polícia

Chefe da maior milícia do RJ é morto em operação da polícia

Ecko, como era conhecido, foi encontrado enquanto comemorava o Dia dos Namorados com a mulher e os filhos

A polícia do Rio de Janeiro fecha o cerco contra as milícias que agem no estado. Neste sábado (12), o chefe do maior grupo paramilitar e um dos criminosos mais procurados do país foi localizado e morto. Wellington da Silva Braga, conhecido como Ecko, foi encontrado enquanto comemorava o Dia dos Namorados com a mulher e os filhos. A caçada ao miliciano durou 4 anos até o serviço de inteligência da polícia descobrir o paradeiro dele. A ação contra o criminoso foi feita de forma sigilosa e contou apenas com 21 policiais civis e um helicóptero, para dar suporte a operação.

Últimas