Domingo Espetacular Família de rapaz morto ao ser confundido com estuprador luta por Justiça 

Família de rapaz morto ao ser confundido com estuprador luta por Justiça 

Junior Alves de Alcântara foi linchado há seis anos e um dos acusados do crime acabou preso só agora 

Uma luta por justiça que já dura seis anos. Na última sexta-feira (18), a família de Junior Alves de Alcântara pôde respirar mais aliviada com a prisão de um dos acusados de ter matado o jovem.  Segundo testemunhas, ele foi confundido com um estuprador. Sem chance de defesa, foi morto por linchamento.

Últimas