Golpe da pirâmide faz novas vítimas e briga entre suspeitos vai parar nas redes sociais

Marcos Monteiro, Ricardo Toro e um terceiro sócio, Israel Soares, fundaram uma empresa que prometia um lucro de 1,5% ao dia, enquanto a poupança rendia 0,5% ao mês. Muitas pessoas que tinham pouco dinheiro foram atraídas pelos anúncios e acabaram enganadas. Somado, o prejuízo pode passar de R$ 80 milhões. Mas o crime foi revelado e, quando tudo veio abaixo, uma briga entre Marcos e Ricardo, com direito até a ameaça de morte, foi parar nas redes sociais. Entenda os detalhes na reportagem. Para assistir ao Domingo Espetacular na íntegra, acesse PlayPlus.com