Morte súbita faz duas vítimas fatais nos palcos do Brasil 

A morte do cantor sertanejo Juliano Cezar, enquanto se apresentava em um evento na cidade de Uniflor (PR), surpreendeu a todos e levantou um tema importante: a morte súbita. Além dele, a cantora de forró Andreia Ribeiro também morreu repentinamente. O Domingo Espetacular ouviu especialistas que falaram se é possível se prevenir deste mal. Além disso, personalidades da música falaram sobre a tristeza da perda do cantor, que tinha 58 anos e segundo o IML, morreu devido a uma parada cardiorrespiratória. Para assistir ao conteúdo na íntegra, acesse o PlayPlus.com