Domingo Espetacular Polícia investiga suposto tiro acidental na morte do primo e assessor do cantor Leonardo

Polícia investiga suposto tiro acidental na morte do primo e assessor do cantor Leonardo

A causa dos disparos está sendo apurada pela polícia científica; primo e cantor rodaram as estradas juntos por mais de 30 anos

Newton Rodrigues Silva Passine, mais conhecido como Passim, era primo e assessor do cantor Leonardo. Juntos, os dois rodaram as estradas deste país por mais de 30 anos, mas, na madrugada da última quinta-feira (4), Passim foi encontrado morto dentro de um quarto na fazenda do sertanejo. De acordo com a primeira análise, ele limpava a pistola, que caiu no chão e efetuou dois disparos fatais, que levaram o conselheiro à morte. O caso está sendo investigado porque a arma tem uma “trava de percursor” que impede tiros acidentais.

Últimas