Domingo Espetacular Polícia quebra sigilo de investigados na morte do menino Henry Borel

Polícia quebra sigilo de investigados na morte do menino Henry Borel

Apartamento onde o menino foi encontrado desacordado vai ficar interditado por 30 dias 

Novidades no caso Henry Borel: o garoto de quatro anos, levado morto para um hospital do Rio de Janeiro. A polícia acaba de apreender os telefones dos pais e do padrasto do menino. A Justiça decretou ainda a quebra do sigilo telefônico de todos os investigados. O apartamento onde o menino morava, com a mãe e o padrasto - o vereador Dr. Jairinho -, vai ficar interditado por 30 dias.

Últimas