Testemunha conta o que sabe sobre morte de modelo em apartamento em SP

Priscila Delgado de Bairros morreu com um tiro no peito na noite do dia 20 de maio, no apartamento onde ela morava com o delegado Paulo Bilynskyj, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. Segundo o delegado, a modelo teria atirado seis vezes contra ele e depois cometido suicídio durante uma crise de ciúmes, ao ler uma conversa entre Paulo e a ex-namorada dele. Os pais de Priscila falaram com exclusividade ao programa e uma testemunha contou o que sabe sobre o dia da tragédia. Para assistir ao Domingo Espetacular na íntegra, acesse PlayPlus.com