Melhor brasileira na São Silvestre, Grazieli Zarri relembra infância difícil e ajuda da avó

Aos 21 anos, Grazi terminou a São Silvestre de 2019 na 11ª colocação. Foi a brasileira mais bem posicionada na corrida. Ao Esporte Fantástico, ela falou sobre a infância na cidade de Cândido Mota (SP) e ajuda da avó para dar início à carreira no atletismo. Veja! Para assistir ao conteúdo na íntegra, acesse PlayPlus.com