Denúncias Pedreiro morre após ser barrado em unidade de saúde por falta de cadeira de rodas

Pedreiro morre após ser barrado em unidade de saúde por falta de cadeira de rodas

Homem havia sofrido um infarto e morreu porque o funcionário não autorizou a entrada dele

O porteiro de uma Unidade de Pronto Atendimento de Poá, na Grande São Paulo, foi afastado depois de uma confusão envolvendo pessoas que tentavam socorrer um paciente. O homem havia sofrido um infarto e morreu porque o funcionário não autorizou a entrada dele por falta de cadeira de rodas.

Últimas