Exclusivo Exclusivo: mandante da morte de psicóloga de presídio federal no PR é condenado a 31 anos de prisão

Exclusivo: mandante da morte de psicóloga de presídio federal no PR é condenado a 31 anos de prisão

"Tiriça" ordenou a ação como uma retaliação do PCC ao regime disciplinar adotado nas unidades prisionais

Foi condenado a mais de 31 anos de prisão o homem considerado o mandante da execução de uma psicóloga que trabalhava no presídio federal de Catanduvas, no Paraná. Segundo a Justiça, Roberto Soriano, conhecido como “Tiriça” ordenou a ação como uma retaliação do PCC ao regime disciplinar adotado nas unidades prisionais.

Últimas